Pesquisar este blog

Carregando...

domingo, 14 de fevereiro de 2016

Vigésimo segundo segredo da prosperidade



Vigésimo segundo segredo da prosperidade

Poder pessoal

Está mais do que evidente que prosperidade tem a ver com a capacidade de expressar poder pessoal. É uma característica de todos os líderes. 

Ter poder é poder expressar o máximo possível a própria essência. Em todas as áreas da vida. A questão que aparece aqui é que para ter poder pessoal é preciso ter equilíbrio em sua energia. Um próton sozinho não tem campo, um elétron sozinho não tem campo, mas unidos tem um campo eletromagnético. Esse campo é que atrai a realidade.

Onde entra o ser humano nisso? Jung descreveu largamente a importância dos Arquétipos Anima e Animus. Anima é o aspecto feminino que precisa ser incorporado pelos homens e Animus o aspecto masculino que precisa ser incorporado pelas mulheres. Assim teremos equilíbrio entre Yin e Yang.

O poder advém deste equilíbrio. Torna-se uma pessoa centrada e equilibrada. Neste ponto a força pessoal pode ser canalizada para realizações. As questões profundas do inconsciente estão sendo integradas com sucesso e o poder desta pessoa é cada vez maior. O colapso da função de onda está totalmente ligado nesta questão Anima/Animus. Para colapsar é preciso que a pessoa não tenha dúvidas, que acredite 100%, que esteja equilibrada, centrada em todos os sentidos, etc. Esta é a razão do porque o poder pessoal é expressado em níveis tão diferentes. Uns tem muito e outros pouco. O que faz uma pessoa ter grande poder pessoal? É o equilíbrio entre Anima e Animus dentro de si.

Deixar esses Arquétipos se expressarem e integrarem a nossa personalidade é fundamental. Isso é uma decisão pessoal. Assim que a pessoa decide que quer integra-los em si mesmo isso começa a acontecer. Nesse ponto não deve haver resistência. Um homem começará a ter insights femininos, percepções femininas, sentimentos femininos e deve aceita-los como parte de si mesmo. É o Arquétipo sendo incorporado e equilibrando o ser. Da mesma forma uma mulher terá sentimentos e percepções masculinas. Também deve deixar o equilíbrio acontecer. Desta forma os homens deixarão de serem tão Yang e verão os dois lados da questão. No gerenciamento de uma empresa isso é extremamente importante. Analisar claramente todas as variáveis é imprescindível. Sendo assim ele terá a visão masculina e feminina da realidade. Estará unificado. 

Nunca esquecer que a Realidade Última está além dos opostos, isto é, Ela contém em Si mesma o masculino e o feminino. E expressa-se das duas formas. Quando há uma união Yin e Yang é literalmente a Realidade Última expressando-se de forma Una. E não há Poder maior do que a Realidade Última.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Vigésimo primeiro segredo da prosperidade



Vigésimo primeiro segredo da prosperidade

Conhecimento interno

“A psique é a maior de todas as maravilhas cósmicas e o “sine qua non” do mundo como um objeto. É extremamente estranho que o homem ocidental com apenas algumas e cada vez menos exceções, de tão pouca consideração a este fato. Mergulhado no conhecimento de objetos externos, a questão de todo o conhecimento foi temporariamente eclipsada ao ponto de aparente inexistência. ” Jung 1946

“Não foi a natureza e sim o “gênio da humanidade”, que deu o nó no laço do carrasco com que ele pode executar a si mesmo a qualquer momento”. Jung 1952

“Hoje a humanidade como nunca antes está dividida em duas metades aparentemente irreconciliáveis. A regra psicológica diz que quando uma situação interior não se torna consciente ela acontece fora, como sina, quer dizer: quando o indivíduo permanece dividido e não se conscientiza de suas contradições internas o mundo tem forçosamente de representar o conflito e ser rasgado em duas metades opostas. ” Jung 1959

Será que Jung era um profeta? Será que ele via o futuro? Nas citações acima é possível perceber a capacidade do gênio. A inteligência do raciocínio abstrato aplicado a qualquer assunto ou situação. É assim que dá para prever qualquer comportamento pessoal ou de uma civilização inteira. Dá para saber exatamente o que uma pessoa fará em seguida passo a passo, o que acontecerá com uma determinada situação ou como evoluirá uma civilização. Vejam as datas em que essas frases foram escritas e vejam o que acontece hoje na humanidade, em 2016.

Quando não se deixa vir à tona uma determinada questão interna a realidade externa terá de apresentar essa mesma questão não resolvida. Uma coisa quer ser conscientizada e o ego não deixa, o que acontecerá? Esse conflito aparecerá na vida da pessoa como problemas de todos os tipos. É inevitável. Existe uma dinâmica em andamento. A energia interna tem de vir para o exterior. A repressão desta energia causara essa ruptura na psique e a vida da pessoa ou de toda uma civilização apresentará o mesmo problema.

É a mesma coisa quando se fala para soltar. Deixar vir a questão e solta-la. Desapegar-se dela. A verdade é uma só e todas as pessoas que vem explica-la durante esses milênios falaram a mesma coisa de formas diferentes. Para ver se é entendida e aceita. Basta olhar para dentro de si mesmo e perceber que conhecimento quer vir para o consciente. Ver quais as formas de fuga que estamos utilizando para não olhar para estas questões. Toda crise pessoal ou de uma civilização mostra as contradições internas não resolvidas. E a primeira coisa a ser atingida é a prosperidade. Assistam ao filme “A grande aposta” e “Margin call”. 

O comportamento mostra as crenças profundas. Essas crenças é que impedem a situação interior de se expressar. Quando uma pessoa não usou seu tempo para estudar e agora está desempregada a que conclusão se chega? Será que quando ela sentia o impulso de estudar e o reprimia não percebia que estava fugindo do seu inconsciente que queria ajuda-la? Será que não dá para perceber internamente o sentimento de que coisa deve fazer? Será que não dá para perceber a rejeição ao estudo e ao trabalho? A dinâmica psicológica é uma só para todos os seres do universo. Todos têm o impulso inato de crescer e evoluir. A fuga disto é que causa todos os problemas. A filosofia de vida mostra o futuro claramente. A realidade é um livro aberto. Qualquer um pode ler. Todo ser humano tem bilhões de neurônios. Ninguém é privilegiado. Todos temos um cérebro maravilhoso. Uma ferramenta poderosa. Que cria a realidade pessoal ou coletiva. Nós escolhemos o que fazer com todo esse poder. Nós escolhemos colocar informações nele ou não. Escolhemos ler ou não. Escolhemos estudar ou não. Escolhemos trabalhar ou não. Escolhemos como gastar nosso tempo. As consequências são inevitáveis, mas sempre é possível recomeçar.

Com paciência é possível reverter qualquer situação. Dando tempo ao tempo para que possa ser resolvida. Parar de criar mais problemas e trabalhar na solução. Todas as soluções estão à disposição internamente. Basta parar e pensar. Deixar a intuição trazer a solução. Está claro que o impulso de estudar e a resistência a isso é um conflito interno que está se externando na consciência e na vida da pessoa? Está claro que todos os problemas que existem hoje são decorrentes de uma cisão interna, um conflito interno entre o que se deve fazer e o que se quer fazer? Está claro que cada pequena escolha mostra as opções que são feitas entre o que é preciso fazer e o que o ego quer fazer?

Existe uma realidade última que se impõe de qualquer forma. O mundo não é material. O mundo é pura consciência. Pura energia. Pura luz congelada. Essa consciência universal tem sua própria dinâmica. As demais consciências são expressões dela. São individuações. Cada ser individuado tem a mesma dinâmica da consciência universal. Exatamente igual. O grau de consciência e complexidade é que variam, mas a dinâmica interna é a mesma. A consciência é una em todo o universo. E cada consciência está num estado de evolução e complexidade. Por isso que uma pessoa enxerga claramente uma situação e outra não. É por isso que um técnico de futebol enxerga os erros do time e outro não. Como também a razão de o time mudar os seus resultados com a mudança de técnico. Mudou a consciência que está dirigindo e isso muda tudo. Tanto faz se é um time de futebol ou uma civilização inteira. É a mesma coisa. Se mudar a consciência, mudar o paradigma, muda-se tudo. Resolve-se tudo.

Aqui entra outra questão. Querer analisar um fato criado por uma consciência em outro paradigma, usando um paradigma diferente é impossível. Um sistema de crenças cria uma realidade. Usar um sistema de crenças diferente para analisar ou tentar entender o outro não funciona. Somente estando no mesmo sistema de crenças é que é possível entender. É por isso que uma pessoa entende o que outra fala e outras pessoas não entendem. Estão usando formas diferentes para medir a mesma coisa e cada um tem um resultado diferente. Por esta razão é extremamente importante expandir o próprio conhecimento interno. E na questão dos sentimentos é a mesma coisa. Uma pessoa sente compaixão e outra não. Isso faz toda a diferença na vida das duas pessoas. E isso é ainda mais difícil de ser compreendido quando se está em paradigmas diferentes de sentimentos. Mas, a dinâmica aqui é a mesma. Todos podem sentir compaixão. Ela já existe no inconsciente profundo. É preciso deixar vir à tona. Então se verá o quão importante é isso para a prosperidade.

Quais as crenças que estão impedindo ou atrasando sua prosperidade?







terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Vigésimo segredo da prosperidade

Igreja Cristã de Aton


Vigésimo segredo da prosperidade

Criatividade e Crise

Clientes que desaparecem, diminui a entrada de clientes na loja, diminuem as vendas, menos negócios, etc. Esta situação é familiar? É o que costumam chamar de crise.

Como uma crise se instala? Como uma crise é criada? De onde vem as crises? São cíclicas? Porque?

Sorte é estar preparado quando a oportunidade aparece. Chamam isso de sorte. A pessoa estudou e se preparou. Então a porta se abre. A oportunidade aparece. E é aproveitada.

Em qualquer coisa que o ser humano vá fazer ele deve ter o plano B, C, D... Por todas as fichas num só negócio ou numa só abordagem é ficar sujeito às crises. O filme “A grande aposta” mostra isso claramente. No universo não existe crise. Isso é coisa de sociologia. Depende de como se organiza uma sociedade. Vejamos. Os tupiniquins estavam a mil anos na costa brasileira. Haviam uns 5 milhões. Cada tribo tinha de 300 a 600 pessoas. Caçavam e plantavam. Nunca houve crise até que uma força externa os exterminou. Na série Enterprise os Borgs fazem exatamente isso. A sociedade tupiniquim estava estruturada de uma forma que intrinsecamente não haveria crise. E isso foram os sociólogos tupiniquins que fizeram. Embora não tivessem esse nome. Este é um assunto fascinante. Tanto a organização deles como a destruição. É muito instrutivo estudar história, pois a história se repete... E aí já sabemos como o jogo é jogado.

Depois que a crise foi criada e os problemas crescem é preciso manter a calma. Ter clareza de pensamento para analisar todas as variáveis. Insisto: todas as variáveis. O que é possível ser feito para diminuir o estrago? Que novos negócios fazer? Que novos serviços? Como conter os gastos? Como resolver as dívidas? Lembrando sempre que dívida é uma coisa que deve ser evitada a todo custo. Investir fazendo dívida é uma coisa que precisa ser muito bem analisada com um estudo de viabilidade econômica. Prosperidade é feita com recursos próprios. Passo a passo. Capitalizando o que ganha. Por isso o nome é capitalismo. Guardar para ter o próprio capital. Estudar o que foi a Revolução Industrial para entender como funciona isso. Não existe nada de novo debaixo do Sol. Tudo já foi feito e documentado. Repetir o erro é bobagem. Já se sabe o que dá certo e o que não dá. As crises se repetem ad infinitum. Assistam “Margin Call”.

Com calma e paciência. Sem ansiedade e pressão é possível superar os problemas. Mesmo com os cobradores batendo na porta é preciso ter calma. Ficar ansioso não pagará as dívidas. Por isso é preciso pensar, trabalhar, fazer outra coisa, diversificar, novos produtos, novos negócios, novas ideias, etc. Com paciência. Sem desespero. Sem pensar bobagem. Toda crise é uma oportunidade de crescimento. O universo cresce sempre. O planeta cresce sempre. As oportunidades sempre aparecem. Recentemente os astrônomos detectaram a maior explosão de uma supernova superluminosa. Equivalente a 570 bilhões de sóis. Uma única explosão. Nunca foi visto algo assim. Isso é uma tremenda injeção de energia neste universo. A questão aqui não é apenas entender o fenômeno. É entender quem fez isso, qual o objetivo, qual o resultado, etc. 

A mesma Fonte que injeta esta energia está disponível para resolver qualquer problema. É preciso manter um relacionamento amoroso com Ela. Então tudo se resolverá.

domingo, 7 de fevereiro de 2016

Décimo nono segredo da prosperidade



Décimo nono segredo da prosperidade

Inteligência de mercado

Num planeta em que pelo menos 1 bilhão de pessoas vivem com menos de dois dólares por dia está claro que esse conhecimento precisa ser assimilado por muito mais pessoas.
Existe uma diferença entre enxergar uma oportunidade de negócios e a ocorrência de uma bolha. Inteligência de mercado é a capacidade de análise para descobrir nichos de mercado ainda não atendidos ou não descobertos. É a criatividade quântica em ação. É quando se inventa um novo produto ou serviço. Se pensarmos no mundo de 20 ou 30 anos atrás veremos que era muito diferente do mundo atual. A mudança é tão rápida que não existe nenhuma outra época na história igual a esta. Embora as coisas pareçam estar se complicando na verdade está havendo uma expansão de consciência extremamente acelerada. E isso naturalmente irá reverberar nos negócios. Daqui a 10 anos o faturamento de algumas multinacionais será com produtos ainda não lançados no mercado ou nem inventados. Vejam bem. Com produtos ainda não inventados!

As oportunidades são imensas em todos os sentidos. O número de pessoas que vivem em estado de pobreza é imenso. Basta ver a estatística de ganho dos brasileiros por exemplo. A pirâmide de ganho. A pirâmide de renda: A, B, C, D, E.... A base da pirâmide é enorme. Todas essas pessoas precisam de inteligência de mercado. Enxergar onde estão as oportunidades de negócios e serviços. Na medida em que a renda destas pessoas aumentar elas terão mais oportunidades de conseguir mais informação. É um círculo vicioso positivo. Mais renda, mais informação, mais livros, mais computadores, mais inteligência...

Muitas pessoas hoje já entenderam que fazer dívidas é desastroso. Pode ser que aprenderam de uma forma difícil, mas aprenderam. Isso é inteligência de mercado também. Não entrar em Bolhas. As bolhas destroem a riqueza como nenhuma outra coisa é capaz de fazer. Vejam o filme “A grande aposta”. É um exemplo clássico disso. Em 1987 num só dia de pregão desapareceram 500 bilhões de dólares de riqueza. A riqueza existia quando amanheceu o dia e não existia mais quando anoiteceu. Enxergar isso é inteligência de mercado. Analisar antes de abrir o negócio. Inteligência é uma capacidade mental. Não é emocional. Abrir um negócio com esperança é uma coisa emocional. Raramente dá certo.

Vejam. Esperança não é colapso da função de onda. O colapso acontece quando a pessoa acredita. Acreditar é uma função mental. É uma crença. Não é uma emoção ou sentimento. O mental apenas dá a forma do que se quer. Por exemplo: o carro que queremos, modelo, ano, cor, etc. Isso é mental. Só dá a forma. Para colapsar isso é preciso acreditar 100%. E esperar sem por pressão nem ansiedade nem desespero. Isso é uma coisa muito difícil de fazer. Para não se por ansiedade nem desespero é preciso estar completamente centrado e soltar o objetivo. Se tiver está ótimo se não tiver também está ótimo. Para a pessoa não há diferença entre ter e não ter. Essa é a característica do soltar. Quando se tem apego não existe soltar. É impossível colapsar com apego. O colapsar é criar e soltar. Quando se solta entra na energia cósmica que cuidará para que aquilo um dia venha a ser real nesta dimensão. O colapsar cria em outra dimensão. O colapsar é criado pelo corpo mental. (Todos temos 7 corpos). 

Quem põe a energia para que aquilo vire realidade nesta dimensão é o corpo emocional. Energia em movimento. Tudo que existe no universo é energia congelada, luz congelada. Energia pode ser transformada em qualquer coisa: num carro, numa árvore, etc.

O que se chama magia é conhecimento científico ainda não descoberto ou divulgado. Toda magia é manipulação de energia, manipulação de elementos químicos ou de física. E toda magia pode ser mental ou usar coisas físicas. De qualquer forma está usando a energia universal para manifestar alguma coisa boa ou má. Nos negócios isso é muito complicado porque gera uma expectativa de que não é preciso mais trabalhar para conseguir algo. Todo colapso de função de onda parece magia para quem não conhece. Mas, para que aquilo entre na nossa realidade é preciso trabalhar, poupar, estudar, etc. Quando se faz isso é que se põe energia no colapso. E aí o carro aparece na sua garagem por exemplo.

Outra coisa importante em termos de inteligência de mercado é que as crises econômicas são irrelevantes. Em toda crise existem inúmeras oportunidades de crescimento. Essas oportunidades sempre existem, mas nas crises elas são mais visíveis. Quando o crescimento geral para, fica mais evidente quem cresce. Essas pessoas que crescem nas crises tem uma elevada capacidade de inteligência de mercado. Que é a capacidade de processar mais informações. O grau de inteligência não é medido apenas em QI. Agora também temos o QE. Que é a capacidade de autocontrole emocional. Essa inteligência emocional faz uma diferença enorme. Porque para enxergar as oportunidades devemos estar centrados emocionalmente para ter um pensamento limpo e analítico. Enxergar o que a maioria não enxerga. Todo sentimento negativo obnubila a inteligência. Nesse ponto entra a limpeza dos sentimentos negativos ou traumas ou crenças negativas. Por exemplo: uma pessoa que tem vergonha dos demais perde inúmeras oportunidades porque fica pensando o que os outros irão achar do que faz ou pensa ou de sua aparência. Superar essas limitações emocionais é fundamental. Isso também é inteligência de mercado. Mudar a si mesmo para enxergar mais. Isso é inteligência aplicada em si mesmo. Potencializar a própria capacidade. Essa é uma possibilidade maravilhosa. A pessoa aprende com ela mesma. Com a própria experiência. Um trabalho interno sem limites de crescimento. A consciência ganha complexidade sem parar. Não existe limite para isso. Apenas o que a própria pessoa estipula para ela. Na ficção cientifica temos vários filmes que falam de máquinas que se reproduzem e que aprendem sozinhas. Chama-se inteligência artificial. Um programa é capaz de fazer isso, mas os humanos têm algo maior que isso que é a intuição (intuição é a informação que vem do Vácuo Quântico e entra pelas sinapses). Intuição ou insight criativo é extremamente importante em tudo. Quantos negócios novos foram criados depois que a pessoa teve um lampejo de intuição. Os tanques de isolamento sensorial foram criados também para facilitar a pessoa estar livre dos estímulos externos e voltar-se para dentro de si mesma.

Inteligência de mercado engloba muitas facetas. Mas, a primeira delas é a capacidade de enxergar o próprio crescimento. Enxergar que é preciso crescer pessoalmente em todos os sentidos e aspectos. Enxergar a si mesmo. Ter autoconsciência. Aplicar a autoconsciência em si mesmo. Exponenciar por dentro da própria consciência.

Antes de partir



Antes de partir

Recomendo a todos que assistam ao filme “Antes de partir”.

Recomendo também a leitura das últimas palavras de Steve Jobs no site: http://www.forcaportugal.com.pt/2015/11/19/as-ultimas-palavras-de-steve-jobs-antes-de-falec-2/

Porque o tempo urge?

Há muito o que fazer e pouco tempo. A lista é praticamente infinita, mas vamos citar apenas uma questão. A ONU estima que no momento existam 200 milhões de mulheres que foram mutiladas genitalmente. Quando demos a palestra eram 140 milhões. Uma a cada 4 minutos. A estimativa da ONU é que leve o tempo de uma geração para que isso pare de acontecer. E isso é uma esperança. Se não for feito um trabalho incansável de conscientização isso só aumentará como tem acontecido. O sofrimento destas mulheres e meninas é indescritível.

Será que a empatia para com elas não é suficiente para se entender que o tempo urge?


Décimo oitavo segredo da prosperidade



Décimo oitavo segredo da prosperidade

Ser prático e objetivo

Existe um nome para isso: pragmatismo. Esta é uma qualidade imprescindível para quem quer ser próspero em qualquer área. Por uma simples razão: perder tempo atrasa a todos. E tempo é uma coisa muito preciosa. Para não dizer como os americanos dizem, que tempo é dinheiro. O que também é uma coisa óbvia. Olhar uma situação e analisar todas as variáveis de todas as dimensões, variáveis de mercado, de capacidade de trabalho, de praticidade, de economia de recursos, de custo/benefício, etc., é fundamental para se ter sucesso rápido. Arte é uma coisa e negócios são outra.

Vejamos alguns exemplos. Um artista pintor gosta de expressar seu inconsciente nas suas pinturas. Excelente, mas e se ninguém gostar disso e ninguém comprar? O artista precisa pagar o aluguel. Forçosamente ele tem de olhar esse lado da vida. É claro que ele pode optar por não ter onde morar nem o que comer. É uma opção sua. Ele tem livre arbítrio. Mas, se ele quiser ter os recursos para viver é preciso que ele pinte algo que venda. Algo que o mercado queira. Encontrando um meio termo nisso ele poderá ganhar o seu sustento e também pintar o que gosta. Mero bom senso. 

Outro caso. Um livro deve ser editado. Está pronto para ser editorado. Em poucos dias pode estar no mercado. As pessoas precisam do conhecimento que está no livro. Não há tempo a perder. Pois bem. Começa-se a filosofar sobre qual programa de editoração está sendo usado. Se é uma versão mais nova ou não? Notem que qualquer versão serve. O tamanho da letra, se é de um tipo ou de outro, etc., tudo isso são plumas e paetês. Tudo isso é perda de tempo. É irrelevante esse tipo de detalhe. E o tempo passa. E são feitas reuniões sobre o editor! Vira uma disputa filosófica! O importante é o conteúdo do livro. O resto são detalhes.

Vejam que não há visão prática e objetiva. Fazer o que é preciso rápido e de forma correta na primeira vez. Uma vez vi numa multinacional um cartaz: faça certo da primeira vez. Isso é uma raridade.

Outro caso. Uma terapeuta está divulgando seu trabalho. Mesmo investindo em divulgação o resultado não aparece. Basta um olhar no site para ver que não passa o que significa o trabalho dela. Bastou uma mudança no site e uma alteração no Face para que os clientes começassem a aparecer. Uma simples mudança e tudo mudou. Mas, uma simples mudança que demorou demais para acontecer.

Outro caso. Que importância tem num vídeo a cor da parede de fundo? Ou se tem algo ou não tem nada? O importante é o conteúdo do que será passado. O resto é irrelevante. Está tudo limpo e perfeito. Se a parede estivesse suja, se a roupa estivesse rasgada, etc. ainda haveria o que falar, mas se tudo está ok qual o problema com esses detalhes? Ou o terno é mais importante que a mensagem? Parece que sim! Marshall McLuhan dizia que o meio é a mensagem. Em muitos aspectos pode ser que sim, mas se você precisa ganhar os meios do seu sustento é melhor ser prático e objetivo.

Outro caso. Numa guerra um tenente é designado para tomar uma ponte. Isso deve ser feito rapidamente com o mínimo de baixas. Existe a estatística de baixas normais num caso assim. Se ele tiver mais baixas que o normal sua carreira está acabada. Pois bem. Ele demora para avaliar a situação no terreno, a estratégia do inimigo, a capacidade dos seus soldados, escolhe os soldados errados para a missão, titubeia na hora de dar as ordens, etc. Resultado: um fracasso. A ponte é tomada depois de muitas baixas sem necessidade.

Ser prático e objetivo é indispensável em todas as situações. Um executivo de sucesso avalia rapidamente a situação e toma a decisão. Essa é a capacidade que diferencia um de outro. Fazer análise de perfil psicológico tem sua hora e validade, mas no mundo dos negócios a história é outra. O tempo de fazer algo é tão importante quanto fazer. Fazer na hora certa. Nem antes nem depois. E não perder tempo com detalhes irrelevantes. O importante é o resultado.

Ser prudente na preparação da ação. Como se diz: espere o melhor mas prepare-se para o pior. Sorte é estar preparado quando a oportunidade aparece. Uma cantora de ópera que fazia papel secundário teve a oportunidade da sua vida no dia em que a cantora principal não foi trabalhar. Perguntaram quem sabia a ópera. Ela sabia de cor! Isso é ser profissional. Isso é estar preparada.

Onde começa a auto sabotagem? Se tenho uma oportunidade de ouro e começo a divagar, a achar outras coisas para fazer, a procrastinar, não está claro que é auto sabotagem? A mesma coisa acontece quando uma pessoa fala que se tivesse os recursos faria grandes coisas, mudaria sua vida, etc. Basta fornecer os recursos e se vê os resultados. Raramente isso dá certo. A pessoa arrumará todo tipo de desculpas para não fazer o que tinha dito que faria. É por isso que quem faz não precisa de muitos recursos. Luta com o que tem nas mãos. Aos poucos melhorara e fará mais.

Avaliar sempre o que dá mais eficiência. O que fazer primeiro, o que fazer depois, terminar o que se faz, analisar a melhor forma de fazer, não perder tempo com atividades inúteis, etc. A capacidade de avaliar se um negócio dará certo antes de fazê-lo é importantíssimo. Evita-se gastar com tentativa e erro. Numa reforma de uma casa quanto vai de tijolo, cimento, areia, etc.? Quem já passou por isso sabe o resultado desta pergunta.

Qual a dificuldade em ser prático e objetivo? A questão aqui é que isso é uma filosofia de vida. É a visão de mundo. É a forma de viver. É a forma de ver o Grande Quadro. Ver o que é mais importante em todas as variáveis. Como obter os resultados o mais depressa possível. Economizar os recursos. Se não considero todas as dimensões da realidade e o que estou fazendo nesta vida, achando que tenho n vidas pela frente e posso perder tempo nessa ou pior, achando que só tem essa vida e ainda assim perde o tempo, é uma coisa que prejudica a si mesmo e aos demais. Existe uma infinidade de coisas a serem feitas nesse planeta para que todos tenham uma vida digna. Não há tempo a perder. O tempo urge.

sábado, 6 de fevereiro de 2016

Décimo sétimo segredo da prosperidade



Décimo sétimo segredo da prosperidade

Qual o mito que estou vivenciando?

Chegou um momento na vida de Jung em que ele se perguntou: que mito estou vivenciando?

Joseph Campbell colocou a seguinte questão: se você perdesse tudo na vida, teria um mito em que se afirmar para continuar vivendo ou desmoronaria?

Na palestra que fiz dia 18 de janeiro expliquei com um exemplo simples: todo mito é uma caixinha em que baseamos nossa vida. Toda civilização deve ter uma caixinha com a mitologia em que ela está baseada. Uma caixinha pode conter coisas maravilhosas! O conteúdo da caixinha é o seu mito. É nele que você vivencia sua vida, sua realização pessoal, sua evolução, etc. É um paradigma. É um modelo e exemplo da sua vida. É uma metáfora profunda da sua vida.

A questão que Jung e Campbell colocam é extremamente importante para a prosperidade tanto pessoal quanto de uma civilização. Se as coisas ficam complicadas por questões sociais, econômicas, políticas, etc. qual a crença que te sustenta? Quem tem uma filosofia de vida sólida, baseada na realidade, consegue suportar as turbulências da vida. Não há desespero, nem dor insuportável, nem ansiedade, nem pressão, nem pânico, etc. A pessoa sabe que tudo aquilo faz parte da ordem natural das coisas. A evolução é perfeita. Tudo caminha como deve ser e tudo está perfeito. Dentro das possibilidades da consciência coletiva. Cada um cria a sua realidade dentro de tudo que já plantou nas outras vidas e dimensões. Mas, também está vivendo dentro de um período histórico específico. Se uma pessoa está viva no ano de 1914 ela terá de vivenciar uma guerra mundial. Faz parte da evolução planetária e de todos os humanos daquela época. Tudo que se planta se colhe mais cedo ou mais tarde. Um evento desta magnitude foi semeado por décadas ou séculos. Nada é por acaso. Caso a pessoa esteja viva nesta situação é preciso ter paciência e fazer o melhor sempre. Ajudar aos demais onde estiverem. Toda crise é uma oportunidade de crescimento em todos os sentidos.

É preciso enxergar o Grande Quadro, sabendo que está no lugar certo na hora certa. Isso é o que se chama sabedoria. Que vem com a idade, a experiência, o estudo, o trabalho, etc. A consciência de cada um cria a realidade. A consciência coletiva cria a realidade coletiva. A expansão da consciência de cada um, para abarcar toda a realidade, todas as dimensões, todas as variáveis é que permite a prosperidade contínua. É o estado da arte do sentimento de sentir o que sente. De sentir o universo. Vejamos: é preciso ajudar uma senhora a atravessar a rua para em seguida sentir as endorfinas que foram criadas pelo ato de ajudar. Pode-se explicar a questão mental, os neurotransmissores envolvidos, etc., mas a pessoa só entenderá realmente quando sentir as endorfinas que produziu ao ajudar a senhora a atravessar a rua. Isso vale para todas as oportunidades de ajuda que a vida nos oferece.

Sem uma base filosófica sólida é muito difícil ser próspero. Dá trabalho ser próspero? Sim. Preciso avaliar todas as variáveis para fazer um negócio? Sim. Algum dia na eternidade poderei deixar de controlar meus pensamentos? Não. Todos os seres que evoluem têm de controlar o que pensam e sentem o tempo todo. Nunca podem baixar a guarda. É preciso ser alegre e manter-se centrado o tempo todo. São duas faces da mesma moeda. Sem isso será impossível uma prosperidade contínua.


domingo, 31 de janeiro de 2016

Décimo sexto segredo da prosperidade



Décimo sexto segredo da prosperidade

Pensamento abstrato

A coisa mais poderosa que existe é o pensamento abstrato. A capacidade de dedução a partir de poucas informações que sendo analisadas permitem chegar à grandes descobertas. Além disso o pensamento abstrato é fonte de imenso prazer.

O soltar continua sendo um mistério após 6 mil anos de história escrita. Em termos humanos na vida prática o soltar é o procedimento mais poderoso que existe. Na verdade, é a coisa mais importante que uma pessoa deve aprender para viver com sucesso em qualquer área neste planeta. Desde o mais simples trabalho até o mais importante ou complexo, a capacidade de soltar é o que é fundamental para o sucesso da pessoa. Desde ganhar dinheiro até comandar milhares de pessoas a diferença é a capacidade de soltar. Quando se entrevista uma pessoa o que importa é a capacidade do entrevistador de soltar o entrevistado e vice-versa. Se o entrevistado é capaz de soltar o entrevistador o emprego está garantido. A mesma coisa vale para todo vendedor. Se for capaz de soltar o cliente a venda é praticamente garantida. Em qualquer coisa que se faça isso é fundamental. E para aprender a soltar é preciso apenas ler um livro sobre taoísmo. Ler quantas vezes forem necessárias até entender o conceito. Isso dá trabalho? Dá. Nada que realmente valha a pena é conseguido sem trabalho. Note que trabalho é física é apenas a aplicação de energia em algo.

Quando soltamos o ego perde o controle. E o ego é o que atrasa nosso sucesso. É claro que o ego é importante para manter a estabilidade da pessoa. Mas, depois de um ponto o ego só atrapalha. O ego vê as coisas de forma muito pequena. O ego não enxerga o Grande Quadro. E sem enxergar o Grande Quadro o pensamento abstrato não pode funcionar. A genialidade de Jung foi perceber que os sonhos dos seus pacientes eram os mesmos dos elementos de todas as mitologias de qualquer civilização terrestre. Na verdade, são os mesmos de toda civilização do universo. 

Todos os seres vivem na mente do Todo. Não existe nada realmente concreto no universo. Não existe nada que se chame de realidade objetiva, mundo material, mundo concreto, etc. Tudo isso é forma de falar. Tudo que existe só existe na mente do Todo. O Big Bang é uma emanação dentro da mente do Todo. Vejamos: só passa a existir algo que os físicos chamam de matéria ou massa depois que um campo, o Bóson de Higgs, colide com outro campo e fazendo isso “dá massa” para ele. Isto é, um campo interfere construtivamente com outro campo e isso faz com que este campo passe a “ter” massa. Virou um quark. Juntando três quarks temos um próton. Juntando elétrons temos átomo. Juntando átomos temos moléculas. Juntando moléculas temos células. Juntando células temos órgãos. Juntando órgãos temos um ser. Bingo! Agora temos um ser vivo. Qualquer ser vivo. E tudo isso dependendo de um campo (uma onda) colidir com outro campo (outra onda). Uma coisa sem massa que colide com outra coisa sem massa. E agora a massa existe! E vira esse universo que consideramos material. E consideramos material porque podemos pegar, sentir, ter percepção. E percepção é algo mental. Existem n coisas à sua volta que você não percebe e estão lá. Mas a pessoa acha que não existe porque não vê! E a galinha enxerga mais que os humanos!

Portanto, na prática tudo o que existe é um pensamento do Todo. Um colapso de função de onda na mente do Todo. Tudo vive dentro da mente Dele. Caso ele parasse de colapsar o universo desaparecia num nano segundo. Não precisa ficar preocupado com isso. O Todo continuará colapsando o universo. Ele já faz isso a mais de 13 bilhões de anos segundo os físicos. E Ele faz isso por amor. Embora isso possa parecer a coisa mais improvável.

Quando uma pessoa quer um carro ela fica colapsando o carro na mente dela. E o carro não aparece porque ela entrou num efeito Zenão. Se não soltar o carro na sua mente o carro não pode aparecer na sua vida. Pensa e solta. Que funciona. O Todo faz a mesma coisa. Se Ele ficasse colapsando sem parar o universo ficaria parado. Todas as galáxias parariam de girar. Diriam que o continuum do tempo/espaço parou. O que a ficção científica usa nos filmes quando a cena para. O tempo para. 

O Todo colapsa e solta o universo. Deixa rolar. Os físicos falam que o Todo joga dados. O desconhecido pode acontecer. Os Cisnes Negros aparecem o tempo todo. A Teoria do Caos comanda tudo. O universo funciona porque o Todo o soltou. Mas, continua colapsando na Sua mente. Parece um paradoxo, mas não é. Você quer o carro, portanto está colapsando o carro o tempo todo, mas não está pondo ansiedade. Está deixando as coisas acontecerem normalmente. Um dia o carro aparece. (É preciso trabalhar, ganhar dinheiro, comprar o carro). As portas se abriram e o carro entrou na sua vida. É o mesmo procedimento que o Todo faz. Colapsa o universo e solta. Deixa o universo funcionar. Todas as leis de física garantem que ele funciona. E as leis também foram colapsadas (criadas) pelo Todo. Portanto, Ele tem controle absoluto de tudo o tempo todo. Mas, deixa liberdade para cada um fazer o que quiser. E assumir as consequências dos atos. É assim que se aprende. Colhendo os resultados. Planta e colhe. Causa e efeito. Ação e reação. A pedagogia do Todo é perfeita. Ele explica o que é melhor, mas cada um faz o que quiser. Existe um campo eletromagnético no universo (dentro do Todo) que garante as consequências para o bem ou para o mal dos seres. Fez uma coisa negativa tem uma consequência negativa para si mesmo. Fez uma coisa boa tem uma consequência boa para si mesmo. O Todo deixa soltos todos os seres. Os seres podem até ignorar que o Todo existe, podem até mesmo ser contra o Todo. Não importa. Isso é irrelevante. O universo continua funcionando e tudo e todos estão dentro do Todo. Como Jonas dentro da baleia. Isso é uma metáfora.

Quanto mais abstração tem, mais o pensamento é poderoso. A pessoa que consegue dirigir uma empresa tem uma capacidade de pensamento abstrato muito grande. Um físico tem imenso poder de abstração. Uma pessoa que tenha 2482 empresas tem uma tremenda capacidade de abstração. Na verdade uma pessoa assim comanda um pais inteiro sem ser político. Só pela sua mente. Existem pessoas com capacidade de comandar um planeta inteiro só com seu pensamento abstrato. Da mesma forma temos seres capazes de comandar sistemas estelares, galáxias, aglomerados de galáxias e no fim temos o Todo que comanda o universo inteiro. Este e outros mais. Existe algum limite? Nenhum. Apenas a vontade do Todo. Ele gera de Si mesmo sem parar novos seres. Infinita diversidade em infinitas combinações.

Isso é ter pensamento abstrato!

Videos editados I


Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

Postagens populares

Marcadores